Genival Matias sugere que barragem do Mucutu seja melhor aproveitada

A barragem mucutu foi construída no final dos anos 1990 durante o governo do então governador José Targino maranhão.

Ao que tudo indica se trata de uma construção feita sem os devidos estudos de viabilidade da água.

Apenas depois de pronto se constatou que o reservatório que tem capacidade para trinta milhões de metros cúbicos de água apresentava um sério problema.

O grande índice de sal presente na água a impediu de ser utilizada para o consumo humano.

Por longos, de 1998 até 2013 a referida barragem ficou praticamente perdida no tempo sem nenhum tipo de utilização, a exceção de alguns plantios e pesca.

Mas com o agravamento da seca o tema de utilização da água da barragem de Mucutu está novamente sendo retomado.

Essa semana o deputado estadual eleito Genival Matias filho voltou a tratar o assunto na CAGEPA.

Ele defende a utilização da água mediante uma estratégia desenvolvida pela para redução do índice de sal.

Genival Matias sugeriu emprego de tecnologias para que a barragem de Mucutu possa abastecer cidades como Santo André, Junco do Seridó, Juazeirinho e outras.

O deputado estadual eleito lembrou que a localização geográfica da barragem favorece a construção de adutoras com pouco investimentos.

Ele lembrou que até mesmo as pequenas nações do Oriente Médio utilizam água do mar que é mais salgada que a água da barragem de Mucutu.

Atualmente a população de Taperoá está consumindo a água da barragem de Mucutu porém existem muitas reclamações.
Tecnologia do Blogger.