Volume de água em Boqueirão sobe depois das chuvas, diz Aesa da PB

Imagem Ilustrativa
O volume de água no açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão, no agreste da Paraíba, aumentou 42 mil metros cúbicos, o que representa apenas um centímetro a mais de lâmina de água, suficiente para o consumo de metade de um dia de consumo em Campina Grande. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (29) pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), que registrou 29,7 milímetros de chuva em Boqueirão na quarta-feira (28).

Segundo informações da própria Aesa, Boqueirão recebe água das bacias hidrográficas da região do Cariri, mas dessa vez foram chuvas pontuais na própria cidade onde o açude se localiza que aumentaram o volume do manancial.
Em 24 horas choveu em 72 cidades da Paraíba. Em alguns municípios foram registradas chuvas mais fortes, como em Areia, que registrou 104.2mm, e Serraria (92mm), ambas no Brejo. Em Campina Grande choveu 36 milímetros e provocou vários alagamentos na cidade.
Apenas 28 reservatórios do Estado estão com capacidade armazenada superior a 20% de seu volume total. Para 2017, a previsão da Aesa é de chuvas dentro da média histórica a partir de janeiro do próximo ano para a região do Semiárido paraibano (Alto Sertão, Sertão, Cariri e Curimataú). E a partir de março as chuvas devem ser satisfatórias podendo aumentar o volume de vários açudes dessas regiões.
Cidades onde mais choveu

Areia (104,2mm)
Serraria (92mm)
Remígio (71mm)
Borborema (67mm)
Alagoa Grande (58,2mm)
Rio Tinto (54,2mm)
Mamanguape (53,8mm)
Logradouro (53,4mm)
Araruna (48,6mm)
Jacaraú (48,4mm)
Tecnologia do Blogger.