Ministério da Saúde suspende repasse para 31 municípios da Paraíba


O Ministério da Saúde divulgou no Diário Oficial da União da quarta-feira (18) uma portaria que suspende a transferência de recursos para 31 municípios paraibanos. A suspensão se dá por irregularidades na atualização cadastral dos serviços de vigilância sanitária no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES) e quanto à informação da produção da vigilância sanitária no Sistema de Informação Ambulatorial (SIA/SUS). 

Dos 31 municípios que tiveram os recursos suspensos, as cidades de Capim e Riacho dos Cavalos apresentam irregularidades no SCNES e no SIA/SUS, já os outros 29 estão irregulares apenas no SIA/SUS.
 A decisão considerou ainda uma portaria de fevereiro de 2014, que desativa automaticamente no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES), os Estabelecimentos de Saúde que estejam há mais de seis meses sem atualização cadastral.
Veja abaixo a lista de municípios que tiveram os recursos suspensos

Alagoinha, Algodão de Jandaíra, Arara, Bom Jesus, Brejo dos Santos, Cacimba de Dentro, Caiçara, Capim, Catolé do Rocha, Coxixola, Cruz do Espírito Santo, Cuité de Mamanguape, Vista Serrana, Dona Inês, Imaculada, Livramento, Monte Horebe, Mulungu, Nazarezinho, Olha d'Água, Paulista, Poço de José de Moura, Prata, Riacho dos Cavalos, Rio Tinto, Santa Helena, Santa Inês, Joca Claudino, São José do Bonfim, Soledade e Teixeira.

G1 Paraíba