Acidentes graves caem 41,6% no Carnaval da Paraíba, diz PRF


Os acidentes graves durante o Carnaval registraram redução de 41,6% nas rodovias federais que cortam a Paraíba, em relação ao mesmo período do ano anterior. A Polícia Rodoviária Federal divulgou o balanço da Operação Carnaval 2017 que encerrou na meia-noite de 1º de março. A quantidade de feridos diminuiu 27,6%.

Os acidentes graves são aqueles onde há ao menos um ferido grave ou um morto. Em 2017 houve sete casos, enquanto em 2016 foram 12 acidentes. Quatro dos acidentes graves registrados este ano, ou seja 57%, envolveram motos.

O total de acidentes durante o Carnaval diminuiu 18,6% nas rodovias federais que cortam o estado, em relação a 2016. A quantidade caiu de 43 casos registrados em 2016 para 35 neste ano. Os feridos diminuíram de 47 para 34. Mesmo com esse saldo positivo, o Carnaval deste ano teve um atropelamento com morte, enquanto em 2016 não foram registrados mortos nas estradas da Paraíba.

Velocidade e álcool

A PRF atribui à velocidade excessiva a causa da maior parte dos acidentes. Os policiais registraram um carro a 191 km/h na BR-101. Na quarta-feira de cinzas, mesmo sob chuva, os motoristas não reduziram a velocidade.

Durante a Operação Carnaval 2017 foram realizados 1.588 testes de bafômetro, onde foram encontrados 30 motoristas dirigindo alcoolizados. Seis deles foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil pelo crime de embriaguez ao volante.

G1PB
Tecnologia do Blogger.