Tony Cândido um dos mais importantes artistas Juazeirinhenses



Proprietário da banda “Forrozão Pinga Nela”, o cantor e compositor Tony Cândido, com mais de 100 composições, 11 CDs gravados, 3 faixas da mais Bela Voz, 06 festivais, 07 programas de TV, mais de 300 entrevistas em Emissoras de Rádio, 5 participação como jurado, foi vocalista da bandas: “Ráio da Celibrina, Xamego de Menina e Curisco do Trovão”, tornou-se uma das tradições musical e cultural do nosso município. 

Tony Cândido começou sua trajetória musical cantando em festivais, em 1991 ganhou o troféu da mais bela voz do cariri organizado pela Rádio Rural de Caicó-RN, em 1992 foi escolhido a mais bela voz de Juazeirinho, participou do canta nordeste organizado pela Rede Globo Recife-PE com a música pai herói, em 1995 gravou o seu primeiro LP no clube municipal de Juazeirinho com a participação do renomado cantor Elino Julião, em 1996 fez o lançamento do seu disco no RJ e SP. 

Ao retornar a Juazeirinho compôs a músico que se tornou hino da campanha político eleitoral de 1996, dessa música surgiu outra com o título de nordeste sofrido, em 2000 participou do festival de música brasileira, organizado pela Rede Globo-RJ, de 2001 a 2005 já em Sergipe, com 07 cds gravados e várias participações em alguns programas de tv, como: nordeste vivo da TV Canção Nova, forró e folia na TV Aparecida-SE, barreta na TV Atalaia filiado do SBT, fez sucesso com a música forró do comércio um projeto da CDL de Propriar-SE, participação no forró fest de 2007 e 2008 com a música nordeste sofrido, em 2011 apresentou-se na TV Correio da Paraíba onde lançou a sua banda, Forrozão Pinga Nela”.

Tony Cândido fez ainda três turnês pelos os estados de Alagoas, Sergipe e Bahia. O único artista de Juazeirinho a cantar no carnaval puxando três blocos com mais de 4 mil pessoas na capital de Aracaju – SE. 

Tony Cândido além de ser um grande artistas e referência para os jovens talentos do nosso município, é um ser humano extraordinário. Portanto, toda homenagem a este guerreiro que tanto nos orgulha, que eleva o nome de Juazeirinho por onde passa.

TOCA – AMÉM E AQUELE ABRAÇO!
Tecnologia do Blogger.