Prefeitura busca junto ao DNIT doação de prédios da Estação Ferroviária em Juazeirinho


A estação ferroviária de Juazeirinho, na década de 1950/1960, trouxe desenvolvimento e interligou o município na rota do comércio entre o Litoral e o Sertão paraibano, tendo expressividade não só na esfera estadual como também interestadual, sendo o marco de ligação do Nordeste Ocidental ao Nordeste Oriental, integrando a região ao restante do Brasil. 
Antigamente, este espaço que era visto como sinônimo de progresso, hoje se configura como uma rugosidade urbana, cujas finalidades estão distantes dos princípios e valores éticos e sociais.  A antiga estação ferroviária é ponto de acesso entre os dois maiores bairros da cidade e vem causando incômodo e insegurança não só aos moradores do entorno, mas aos que trafegam por aquela área. 
À noite os vizinhos ficam impossibilitados de se sentarem nas calçadas ou caminharem nas proximidades devido ao grande fluxo de pessoas que deliberadamente fazem mal uso do espaço, perturbando a ordem pública, utilizando-se ainda dos espaços depredados para fazerem apologias a facções criminosas. 
Firmado na intenção de devolver a estação ferroviária de Juazeirinho a sua importância cultural, social e econômica, o prefeito Bevilacqua Matias tem como proposta básica, investir na revitalização daquele espaço para promoção da melhoria estética e social da área, somando assim a recuperação dos imóveis, transformando-os em espaços que venham a atender a comunidade tanto no sentido de lazer, de ações sociais, a exemplo de um centro cultural e a transformação da área aberta em um local de entretenimento.   
O prefeito Bevilacqua, não mede esforços perante a Superintendência do DNIT para pleitear a Cessão, Comodato, Doação, ou qualquer outro ato administrativo que materialize o acesso a estes imóveis por parte da Prefeitura, para que os mesmos voltem a desempenhar seu papel relevante não só do ponto de vista econômico como do ponto de vista cultural na cidade de Juazeirinho. 
Neste sentido, Bevilacqua Matias Maracajá visitou o espaço juntamente com a equipe de engenharia, arquitetura e o vereador Marquinhos Matias, para traçar a elaboração do projeto arquitetônico contendo as novas funções que serão exercidas pelos antigos prédios, onde era a antiga estação ferroviária.  O prefeito garante que a área será restaurada e colocada à disposição de toda a comunidade como ponto atrativo e útil a todos. 
Tecnologia do Blogger.