Bevilacqua diz que houve equívoco em processo e tranquiliza população


O prefeito, Bevilacqua Matias disse estar tranquilo a respeito do processo tramitado na 6ª Vara Federal e que cassou o seu mandato por improbidade administrativa. 

Bevilacqua foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) em uma ação civil de improbidade porque não teria prestado conta em 2012, no final do seu primeiro mandato, dos valores repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento de Educação (FNDE) inerentes ao Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) no valor de aproximadamente  14 mil reais.  

Segundo o prefeito houve um equívoco dentro do processo quando da questão de publicação do trânsito e julgado. e que vai entrar com  medidas legais cabíveis", afirma. 

De acordo com ela essa prestação de conta poderia ter sido feita até o mês de abril de 2013, o que não aconteceu causando a decisão, "Porque quando um gestor perde uma reeleição e isso foi o meu caso, o município continua. Ou seja, quem assumiu, tinha prazo até abril e não fez, mas já ganhei duas ações neste sentido e vou ganhar novamente" disse.