Secretaria de Estado da Saúde investiga se morte em Juazeirinho foi causada por dengue, zika e chikungunya; Confira

Paraíba tem três mortes confirmadas por dengue, zika e chikungunya em 2018


Em 2018, a Paraíba registrou três mortes confirmadas por dengue, zika e chikungunya, até o dia 17 de abril, como consta no Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), nesta terça-feira (24). Os casos aconteceram nos municípios de Pedras de Fogo, no Litoral Sul, e em Campina Grande.
Além disso, três casos estão em investigação, em Araruna, Juazeirinho e Queimadas, enquanto outros quatro foram descartados nos municípios de Alagoa Nova, Natuba, Riacho de Santo Antônio e Brejo do Cruz.
Ao todo, foram notificados 2.003 casos suspeitos das doenças no estado, sendo 1.643 de dengue, 314 de chikungunya e 46 de zika. Da primeira semana de 2018 até a 16ª, dentre os 223 municípios paraibanos, 126 não têm notificações de dengue, 177 de chikungunya e 210 de Zika.
No entanto, quando comparado com o mesmo período de 2017, houve um aumento de 16,44% das notificações suspeitas de dengue. Já nos casos de chikungunya e zika foram observadas reduções, de 28,95% e de 53%, respectivamente.

G1PB

Nenhum comentário